Museu do Índio Portal Brasil CGU - Acesso à Informação
Trocar cores de fundo Fundo branco Fundo cinza Fundo marrom Fundo vermelho Fundo amarelo Fundo verde

Museu do Índio

Página Inicial > O Museu > Apresentação

Apresentação

Portão de Entrada do Museu do Índio

O Museu do Índio, da Fundação Nacional do Índio - Funai, tem como objetivo contribuir para uma maior conscientização sobre a contemporaneidade e a importância das culturas indígenas. Como instituição de preservação e promoção do patrimônio cultural indígena, empenha-se em divulgar a diversidade existente e histórica entre centenas de grupos indígenas brasileiros.

A instituição tem sob sua guarda acervos relativos à maioria das sociedades indígenas, constituídos de 17 mil 981 peças etnográficas e 15 mil 121 publicações nacionais e estrangeiras, especializadas em etnologia e áreas afins. Os diversos Serviços do Museu do Índio são responsáveis pelo tratamento técnico de 833.221 registros textuais, que datam a partir do Século XIX, e de ampla e diversificada documentação audiovisual, em sua maioria produzida pelos próprios índios. Esta abrange 163.553 fotos, 599 filmes e vídeos, 1.295 áudios e 771 horas gravadas.

Mais do que abrigar expressivos acervos, o Museu do Índio conserva, pesquisa, documenta e comunica as informações neles preservadas, tendo se tornado referência para pesquisadores e interessados na questão indígena e contribuído com significativos avanços para o campo de museus etnográficos brasileiros. Alguns deles administrados pelos próprios índios. Diversas ações têm sido empreendidas nesse sentido ao longo dos últimos anos, como a instalação de laboratórios de conservação, a reforma das reservas técnicas, o preparo e a publicação de catálogos, inventários, tesauros e outros instrumentos de pesquisa e recuperação da informação. Com a criação de um programa editorial, o Museu do Índio edita diversas publicações, democratizando, assim, o acesso às informações sobre a situação indígena no País.

A instituição vem adotando diferentes estratégias de comunicação com o público como a disponibilização de informações pela Internet e a criação dos espaços Museu das Aldeias e Muro do Museu para a montagem de mostras temporárias, além da exposição de longa duração no prédio central, que apresentam diferentes formas de expressão e saberes das sociedades indígenas no Brasil. Utiliza modernos recursos museográficos na exibição de seus acervos, além de promover atividades culturais com a presença de monitores indígenas. O Espaço de Criação, dedicado ao atendimento do público infantil, revela a ênfase da instituição no trabalho com esse público.
O evento "Índio no Museu" integra os espaços expositivos da instituição – Museu das Aldeias, Muro do Museu, varanda do Museu e Galeria de Arte Indígena - com uma mesma temática. A proposta, baseada na parceria direta com os índios, é a documentação da sua cultura com foco na cultura material e no processo de produção de bens.

A criação da Galeria de Arte Indígena e o Espaço Índio e Arte – antiga loja Artíndia – são iniciativas do Museu do Índio para agregar um conteúdo social e étnico às peças comercializadas pelos diferentes grupos indígenas brasileiros. A renda obtida reverte integralmente para os povos indígenas. Atividades diversificadas procuram contemplar a missão de divulgação do Museu, oferecendo ao público visitante mostras, palestras, projeção de vídeos e cursos de curta duração.

O Museu do Índio coordena, ainda, o Programa de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas – PROGDOC: uma iniciativa que estimula a participação direta dos índios pela promoção de oficinas de trabalho. Essa ação já alcança 135 aldeias de Norte a Sul do Brasil por meio de 42 projetos de documentação de línguas, culturas e acervos, beneficiando uma população de 30 mil índios. Outra ação da instituição é o Programa de Apoio a Projetos Cuturais cuja finalidade é promover as manifestações culturais tradicionais e contemporâneas dos povos indígenas.

As parcerias do Museu do Índio estabelecidas com os índios e suas diversas associações indígenas pretendem contribuir para a defesa da terra, dos direitos e da qualidade de vida desses povos.

Visitação: de terça a sexta-feira, das 9 às 17h30min;
sábados, domingos e feriados, das 13 às 17horas;Grátis aos domingos.
Comunicação Social
Tel.: (21) 3214-8705
www.museudoindio.gov.br
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
Rua das Palmeiras 55 - Botafogo - Rio de Janeiro - RJ – Brasil - CEP 22270-070

Visitação: de terça a sexta-feira, das 9h às 17h 30min; sábado, domingo e feriado, das 13h às 17h. Entrada gratuita.
Rua das Palmeiras, 55. Botafogo - Rio de Janeiro/RJ - Brasil. CEP 22.270-070. Tel.: (21) 3214.8700

© Direitos reservados Museu do Índio - FUNAI