Museu do Índio Portal Brasil CGU - Acesso à Informação
Trocar cores de fundo Fundo branco Fundo cinza Fundo marrom Fundo vermelho Fundo amarelo Fundo verde

Museu do Índio - Pesquisa

Projetos

PRODOCLIN (Projeto de Documentação de Línguas): 

A documentação das línguas nativas ainda existentes no país - entre 150 e 180 línguas - é uma tarefa urgente. É esta, hoje, uma área de pesquisa e tecnológica em pleno crescimento, que mantém laços interdisciplinares (etnologia, arqueologia, história, etc.) e com o desenvolvimento de tecnologias de ponta. A documentação lingüística, como é feita hoje, produz acervos digitais multimídia (gravações áudio e vídeo anotadas) que contêm materiais preciosos e preservados, accessíveis às comunidades indígenas e para as futuras gerações de brasileiros. Visando a preservar o patrimônio cultural lingüístico dos povos indígenas e a promover o seu acesso, a FUNAI assinou acordos de cooperação internacional e com associações indígenas.

Acesse o site  do Projeto de Documentação de Línguas Indígenas

PRODOCULT (Projeto de Documentação das Culturas):

Saberes tradicionais, mitos, rituais, dimensões simbólicas e estéticas, expressões linguísticas e modos de fazer associados a aspectos específicos de cada cultura são os temas pesquisados e documentados nos Projetos de Documentação de Culturas desenvolvidos em parceria com 23 povos indígenas.

Acesse o site  do Projeto de Documentação das Culturas Indígenas

PRODOCERV: 

Além do acervo que adquiriu ao longo de seus 58 anos de existência, o Museu do Índio recebeu de pesquisadores vinte coleções que reúnem 26.244 documentos audiovisuais, cartográficos, textuais e/ou etnográficos coletados desde a década de 1940 até o final do século XX. Todo o material é tratado e disponibilizado para os povos indígenas.

PRODCSON:

 "O Trabalho da Memória Através Dos Cantos" é um projeto-piloto de registro e documentação dos corpora acústico-musicais de povos ameríndios no Brasil. É desenvolvido junto às etnias Tikmũ'ũn/Maxakali (MT), Enawene Nawe (MT), Baniwa (AM), Krahô (TO) e Mbyá-Guarani (RS). O projeto é realizado nas Terras Indígenas dessas populações, bem como, no Museu do Índio(RJ), utilizando três eixos de trabalho: a documentação do patrimônio imaterial, a troca de conhecimento entre povos vizinhos e a capacitação jovens das aldeias na utilização de ferramentas audiovisuais, gráficas e arquivísticas.

Conhecer para Valorizar

O convênio "Povos Indígenas: Conhecer para Valorizar" foi firmado entre o MI e a Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro com o objetivo de promover, através de encontros, a capacitação de professores da rede estadual de ensino. O acordo inclui, ainda, a apresentação do Museu do Índio como um espaço não só de visitação mas, também, de pesquisa sobre os povos indígenas no Brasil. Clique aqui e assista alguns vídeos produzidos no âmbito desse projeto.

Centro Cultural nas Aldeias:

Projeto Memória - Marechal Cândido Rondon

FUNAI e Fundação Banco do Brasil firmam parceria em homenagem a uma das figuras mais importante para a história do Brasil.
A trajetória do Marechal Cândido Rondon é contada em uma exposição itinerante, um livro fotobiográfico, um videodocumentário, material pedagógico constituído de almanaque didático com guia de orientação para o professor, além de um website onde são disponibilizados fotografias, caricaturas, ilustrações e arquivos para consulta e download.

Acesse aqui o site do Projeto Memória - Marechal Rondon.

Visitação: de terça a sexta-feira, das 9h às 17h 30min; sábado, domingo e feriado, das 13h às 17h. Entrada gratuita.
Rua das Palmeiras, 55. Botafogo - Rio de Janeiro/RJ - Brasil. CEP 22.270-070. Tel.: (21) 3214.8700

© Direitos reservados Museu do Índio - FUNAI